Se você é radialista e está interessado em contribuir com a Educação brasileira, fique ligado: o Ministério da Educação está unindo esforços para reativar e ampliar a Rede de Comunicadores pela Educação.

Veja como foram as oficinas:

Alagoas

Bahia

Ceará

Maranhão

Minas Gerais

Paraíba

Paraná

Pernambuco

Piauí

Rio de Janeiro

Rio Grande do Norte

Rio Grande do Sul

Santa Catarina

São Paulo

Sergipe

Programação Simplificada



Textos especiais:

As novidades da LDB

Em torno de algumas questões educacionais

Eixos transversais


Visite o site oficial da Rede de Comunicadores pela Educação


17/05/2004

voltar

Rede de Comunicadores Minas Gerais






Rede de Comunicadores pela Educação
Oficina: Belo Horizonte - Data: 17 de maio
Lista de presença
Participantes Emissora / Entidade Município de origem
Adelson Toledo de Almeida Assoc dos Municípios do Médio São Francisco Belo Horizonte
Aline Cristina Carvalho Souza Estudante de jornalismo Belo Horizonte
Antonio de Paula Rádio Santa Cruz de Jequitinhonha Jequitinhonha
Cinara Lisboa Miranda Rádio Online FCA Belo Horizonte
Divino Antonio dos Santos Rádio Araminas Araújos
Elisa Cristina de Oliveira Rezende Quintero Pontifícia Universidade Católica Nova Lima
Eustáquio Soares da Rocha Rádio São Tarcísio Belo Horizonte
Idalvan Pereira dos Santos Rádio Comunitária do Assentamento Campo Novo Jequitinhonha
Janaína Serra da Costa Gazeta AM Vitória
José Geraldo Ferreira Rádio Educadora Coronel Fabriciano
Maria Eduarda Bernardi Rádio Inconfidência Ltda Belo Horizonte
Maria Flávia Mendes de Oliveira Rádio Intervalo Belo Horizonte
Nanci Batista Alves Arquidiocese de Belo Horizonte Belo Horizonte
Nilza Luiz Belo Ramo FM Belo Horizonte
Ricardo Márcio Camargos Rádio Inconfidência Ltda Belo Horizonte
Ronei Campos Miranda Belo Ramo FM Belo Horizonte
Vanderson Marciano da Cruz Belo Ramo FM Belo Horizonte


Depoimentos

Eustáquio Rocha
Rádio São Tarcísio, Belo Horizonte
Estou levando uma bagagem muito grande. Antes eu não tinha esse conhecimento, mas agora sei como me envolver nas políticas públicas e trazer a comunidade a participar dos problemas educacionais em nossa região. Mesmo com o curto tempo da oficina, não senti deficiências. A dinâmica adotada pelos capacitadores foi muito boa, vocês estão de parabéns.

Divino Belinha
Rádio Araminas FM, Araújos
Estou levando uma boa impressão desse curso sobre Educação. Queremos levar, através do rádio, desse meio de comunicação que é magnífico, ensinamentos de uma boa Educação para que possamos ter, em um futuro bem próximo, começando já, um povo com conhecimento educativo e pedagógico.

Maria Eduarda Bernardi
Rádio Inconfidência, Belo Horizonte
Estou levando a alegria de poder conhecer vocês, a oportunidade de crescer profissionalmente, mas sobretudo a esperança de que a gente possa realmente construir um Brasil melhor para os nossos filhos. Eu acho que não houve deficiências nessa Oficina. A única observação é com relação ao pouco tempo, a gente precisava ficar um pouco mais com vocês. A Oficina deveria ter um tempo maior.

Antonio de Paula
Rádio Santa Cruz, Jequitinhonha.
Estou levando para casa uma coletânea de documentos e de sugestões muito próprios para o programa que nós desejamos realizar a favor da Educação. Estou levando a satisfação de ter reencontrado tantos amigos. A dinâmica foi muito boa. Valeu!

Aline Carvalho Souza
Estudante de Jornalismo, Belo Horizonte
Eu vim para a Oficina em busca de informações porque eu pretendo trabalhar com essa conscientização. A importância da educação e da cultura. Eu acho que a Oficina foi muito proveitosa nesse sentido, mas eu ainda bato na tecla de que os cursos praticados pela OBORÉ têm que vir para Minas Gerais. A principal deficiência da Oficina talvez tenha sido o tempo que foi muito curto. A gente sai daqui fervilhando de idéias, mas encontra dificuldades para aplicá-las do lado de fora. Então, é necessário mais tempo para consolidar as idéias dentro do grupo.

Idalvan Pereira dos Santos
Rádio Comunitária Campo Novo, assentamento rural no município de Jequitinhonha.
Eu aprendi como a gente deve inserir em nossos programas de rádio o tema Educação e como mobilizar a comunidade para esse tema. Assim, adultos e crianças entrarão na luta para uma educação de primeiríssima qualidade.

José Geraldo
Coronel Fabriciano.
Este encontro foi bacana porque é mais um momento para refletir sobre o verdadeiro sentido do Rádio, principalmente a Rádio Educativa e a Rádio Comunitária, já que a Rádio Comercial tem uma preocupação maior com a publicidade. A Oficina trouxe propostas interessantes. Estabelecer um diálogo aberto com a comunidade, deixar as pessoas falarem um pouco mais. Nós sabemos que o rádio está sempre perto das pessoas, no trabalho, no passeio, no carro. Então, a gente precisa saber usar melhor a nossa “arma”. Durante a Oficina eu senti falta de exemplos de trabalhos realizados, de programas que já estão sendo feitos. Eu acho que poderia haver a participação de representantes de outras rádios expondo suas experiências.

Adelson Toledo
Associação dos Municípios do Médio São Francisco, Pirapora.
Estou levando algumas reflexões. Não vi deficiência em relação ao curso. Eu estou colocando uma sugestão na ficha sobre realização de oficinas regionais. A área territorial do norte de Minas, incluindo o Vale do Jequitinhonha, o Mucuri, é maior do que muitos Estados e acredito que se fizessem em cinco ou seis cidades dessa região, que tem baixo índice de IDH e sérios problemas em Educação, haveria um número maior de participantes envolvidos. Eles não têm condições de vir a um centro mais distante. Esses radialistas terão um papel fundamental na elaboração de um trabalho regional consistente. Eu sugiro que seja feita uma parceria com a Secretaria de Estado Extraordinária de Desenvolvimento para os Vales do Mucuri, Jequitinhonha e norte de Minas, também acredito que nesse convênio deva estar presente a Secretaria de Estado de Educação e de Comunicação.

Janaína Serra da Costa
Rádio Gazeta AM, Vila Velha, Espírito Santo
Estou saindo daqui mais feliz, cheia de idéias para colocar não só no meu programa, mas melhorar a qualidade de um projeto que eu tenho. Eu não tive nenhuma decepção. Não consigo apontar nenhum defeito.

Nilza Luiz
Rádio Belo Ramo, Belo Horizonte.
Estou levando muito conhecimento e muita vontade de trabalhar pela Educação do nosso povo, principalmente da minha raça. A raça negra precisa de estudar muito. Estou saindo com a mala cheia. Tudo foi muito bem explicado, com muito conteúdo, eu gostei muito. Quero fazer mais!

Ronei Campos Miranda
Rádio Belo Ramo, Belo Horizonte
Estou levando muito conhecimento. Agora eu quero passar para as pessoas o que é realmente Educação e tentar conscientizá-las. Quero deixar uma sugestão que é a realização dessa Oficina mais vezes e em outros pólos. Outra sugestão é a mudança do dia. Em vez de acontecer durante a semana, que fosse feita no final de semana, porque as pessoas têm mais tempo.

Vanderson Cruz
Rádio Belo Ramo, Belo Horizonte.
Estou levando a idéia de que não é só culpar as autoridades de Educação, de jogar a culpa no governo. Mas reunir a comunidade para desenvolver um trabalho conjunto. A oficina abriu muitas janelas para mim. Fiquei informado de como funciona a questão de distribuição de recursos, merenda, de como eu vou poder encaixar isso não minha rádio para ajudar a comunidade. A oficina mudou minha visão sobre a importância do rádio. Ele não serve apenas para distrair, entreter a pessoa. Você sai daqui com a consciência que você tem que informar o cidadão para aquilo que ele pode fazer. Deixo uma sugestão para que uma próxima Oficina não tenha uma carga horária tão grande em um único dia. No final as pessoas começam a fazer um esforço muito grande para manter a atenção e a concentração nas informações que são passadas.